sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Momentos

Gostaria de apresentar o meu novo trabalho, "Momentos". Irei lançar durante o FIQ, que ocorrerá nos dias 11 a 15 de novembro. Estarei na mesa 26, ao lado dos amigos da Red Door HQs, Bruno Mutt e Daniel Queiroz.

Segue a sinopse da hq:
Lucas é um garoto de 7 anos que gosta bastante de brincar.  Com sua imaginação fértil, se diverte transformando os cômodos da sua casa em lugares fantásticos. Essas brincadeiras se tornam mais especiais quando tem a companhia do seu pai. Para Lucas, esses momentos são mágicos. E para você, o que torna um momento inesquecível?
Formato: 17x26 cm / 32 páginas.

Deixo o convite a todos que forem ao evento para passar em nossa mesa e conhecer nossos trabalhos. Pois, além da "Momentos" estaremos vendendo outros títulos.




quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Astronauta

Ilustração desenvolvida para Arte na Capa da Cadernorama.
Clique aqui para conferir a caderneta com a arte e saber como participar do sorteio.



terça-feira, 22 de setembro de 2015

Gotham Cards Project

Ao convite do Bruno Crato, tive o prazer de participar do Gotham Cards Project. Um projeto que reuniu alguns artistas brasileiros para ilustrar um baralho com os personagens clássicos de Gotham. No sorteio dos personagens, tive a sorte de pegar o Batman. Fiz uma primeira versão com alguns morcegos ao fundo, mas não ficou muito bom com o layout da carta. Sendo assim, resolvi tirar esse fundo e deixar apenas o Batman.



 

Vejam o projeto completo no Behance ou no Tumblr
Abraços.

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

O Pagamento Esgotado!

É com muita alegria que informo à vocês, meus amigos, que os exemplares da hq "O Pagamento", que estavam comigo, acabaram!!!



Lancei essa hq no FIQ de 2013, quando participei da “Praça Mauro Martinez”. Foi um tiragem singela de 300 exemplares, mas foi um trabalho duro fazer com que cada exemplar chegasse na mãos dos leitores. Como todo autor independente, temos que fazer a correria para vender nosso “peixe”, isso inclui, participar de eventos, oferecer para lojas especializadas e fazer a propaganda nas redes sociais. Temos que fazer a roda girar!
Por isso, gostaria de agradecer, de coração, o Camilo Solano por ter sido a inspiração para esse quadrinho e por ter autorizado a sua publicação, afinal, a hq é um prelúdio de uma das histórias contadas em “Inspiração”. Também, agradeço a todo mundo que comprou a hq, que me deram feed backs, que ajudaram a divulgar e compartilhar de alguma forma. Muito OBRIGADO.

Quem ainda não comprou e tem interesse em adquiri-la, têm alguns exemplares na loja  Empório Cultural do Bauru Shopping. Em São Paulo, têm nas lojas, Ugrapress, Gibiteria e Monkix.

Resenhas da “O Pagamento”:

Abraços!

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Crack Bang Boom 6 - 13 a 16 de agosto de 2015

Vou tentar escrever um pouco sobre como foi participar da convenção Crack Bang Boom, que ocorreu nos dias 13 a 16 de agosto, na cidade de Rosário (Argentina). Entretanto, não vou conseguir expressar a minha completa satisfação e gratidão de ter participado desse evento.
Estava muito receoso em relação a aceitação dos argentinos com os quadrinhos brasileiros (independentes), ainda mais, por estarem em português. Voltaria satisfeito para o Brasil se estivesse vendido apenas um exemplar, afinal, seria um argentino lendo o meu quadrinho.
Felizmente, esse conceito foi por água abaixo. A aceitação dos leitores argentinos pelos quadrinhos nacionais é grande.

André Aguiar, Raul Muradi e eu

Dividi o stand com o amigo André Aguiar, que levou seu último lançamento, "Jockey" (com roteiro de Rafael Calça) e "Velhaco's". Também estava o amigo, Raul Muradi, outro irmão que compartilhou o stand com seus trabalhos autorais, "Seca" e "Inconsequentes".
Todas essas hqs foram bem aceitas pela galera que estava no evento. Além de vendermos para os argentinos, os amigos brasileiros que moram em Rosário também marcaram presença no nosso stand, adquirindo algumas revistas.
No sábado, dia 15, fizemos uma palestra falando sobre o trabalho de cada autor e a opinião de cada um referente ao crescimento do mercado brasileiro de quadrinhos.
Como em todo evento, o contato com os leitores é o que mais me alegra. Mesmo falando um portunhol, foi gratificante conversar com os argentinos, receber alguns feed back sobre o meu trabalho e conhecer sobre os quadrinhos argentinos, afinal, não conhecia quase nada a respeito das historietas argentinas.
Outro ponto que merece destaque em participar dos eventos é a amizade que você acaba fazendo. Seja com os leitores, irmãos de prancheta, vizinhos de stand e o pessoal da organização.
Enfim, voltei para o Brasil com novos amigos e com a felicidade de saber que não será apenas um argentino que vai ler minhas histórias.


Eu, Tatiana Fontana, Raul Muradi, Roberto Fontana, André Aguiar, Paola Russo, Valentín Lerena e Agustin Rodriquez 

Di Maria, presente do escultor Federico Carugati. El Rocha (hq) do Sergio Más e Yuta Noir (hq) Salamanca Comics

Abraços!

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Um Cara Que Caiu do Céu (e não conhecia a vida)

No final de julho recebi um convite do Charlles Lucena para fazer uma ilustração que aparecerá nos extras da hq "Um Cara que Caiu do Céu (e não conhecia a vida)" Claro, que aceitei na hora. 
O briefing que o Charlles me passou, além da arte ser em PB, foi: "É só retratar a tua visão sobre um alienígena (com aparência humana) descobrindo algum aspecto, sentimento ou emoção da vida humana". Na hora, lembrei do filme "Sob a Pele" (Under the Skin), com a atriz Scarlett Johansson. Quem ainda não assistiu, fica aqui minha sugestão!
Primeiramente, pensei em retratar o medo, porém, para minha ideia, teria que usar muitos elementos gráficos. Preferi tentar alguma coisa mais "limpa" e subjetiva. Fazendo com que cada leitor/observador interpretasse a ilustração de acordo com seu repertório de vida. Resolvi trabalhar com o amor e logo surgiu a ideia de fazer o alienígena olhando para um coração que está segurando em uma das mãos.E como fazer um alienígena com aparência humano? Que elemento poderia utilizar para fazer essa ligação? Listei algumas palavras que me faziam pensar em alien; verde, olhos grandes, espaçonave e espaço. Com isso, a composição foi ficando mais clara em minha cabeça. Fiz alguns estudos rápidos para ver se era funcional e ajustar o que fosse necessário.


Estudos iniciais

Desenhei o personagem nú representando a pureza e a inocência do ser humano. Em sua mão esquerda (o mesmo lado que fica o coração) tem um coração bem icônico, Ao fundo, temos o espaço com os sete planetas do nosso sistema solar. A disposição dos planetas foi feita pensando em auxiliar no sentido de leitura. O alien está no lugar do planeta Terra e o espaço deixando seu corpo, faz ligação com essa ideia de um alienígena com forma humana, fechando todo o conceito da ilustração.

Composição da arte

Bom, espero que tenham gostado da explicação de como esse conceito foi sendo construído, desde a sua ideia inicial até a sua conclusão. Também desejo, que de alguma forma, esse texto tenha ajudado alguém.

Ilustração colorida

Obrigado!

segunda-feira, 27 de julho de 2015

21° Fest Comix

Nos dias 17, 18 e 19 de julho, participei do 21° Fest Comix, que ocorreu em São Paulo. Fui representando o coletivo Red Door HQs, no qual participo com os amigos Bruno Mutt e Daniel Queiroz. Estava na Área dos Artista e com a mesa cheia. Além das hqs, O Pagamento (2013), Esperança (2013), Feira Livre (2014), Red Door HQs - vol. 1 (2014), A Busca (2014) e prints, levei algumas artes originais que fiz exclusivamente para o evento.

O melhor de participar desses eventos é ter contato direto com os leitores. Algumas pessoas já conheciam nosso trabalho e para outras, foi novidade conhecer a Red Door HQs, principalmente pelo fato de saberem como funciona o nosso projeto. Eles se surpreendiam ao folhear  a hq RDHQS - vol. 1 e ver que cada autor desenha uma página da estória. As pessoas que já leram nosso trabalho, passava para elogiar e ou comprar uma hq que faltou. Um feed back interessante que recebi, foi o interesse de alguns leitores para a continuação da hq A Busca. Isso muito me agradou e já estou pensando na continuação.  Não vou conseguir fazer a tempo para o FIQ, mas teremos novidades para o próximo ano. 

Durante o evento, o Lucas Alencar, do site Em Solo Nacional, aproveitou para entrevistar alguns artistas e eu estou no meio. Para conferir as entrevistas, clique aqui. 

Agradeço todo mundo que passou na mesa para bater um papo, conhecer nosso trabalho e quem comprou uma das nossas hqs ou todas (sim, temos uma promoção para quem compra as cinco hqs, só clicar aqui). Muito obrigado, pessoal. Nos vemos no FIQ :) 



terça-feira, 23 de junho de 2015

Capelobo

A hq Clássicos Revisitados vol. 2 - Monstros Noir, na qual desenhei a estória "Capelobo", junto com o roteirista e amigo Alex Mir está concorrendo ao 27° Troféu HQ Mix, na categoria "Publicação Mix". Fico muito feliz em fazer parte de um projeto ao lado de grandes artistas. 
Boa sorte para toda a galera que está concorrendo!!! 
Confiram a lista completa aqui. 



sexta-feira, 15 de maio de 2015

Red Door Hqs no programa Artefato


O coletivo Red Door HQs, no dia 06 de maio, marcou presença no programa Artefato, no canal TV UNESP. Dividimos o cenário com os amigos André Turtelli e Renato Quirino, criadores da hq Aokigahara.
Durante a entrevista, falamos sobre como funciona o projeto Red Door HQs, o que aprendemos com o Ano I, as mudanças que ocorreram no Ano II e III e um pouco sobre a estória Fantasmagória. André e Renato, falaram como surgiu a ideia para Aokigahara, o cuidado em abordar um tema delicado que é o suicídio e como foi participar do Catarse.
Gostaríamos de agradecer a Juliana Ramos e Will Poliveri, por conduzirem a entrevista de forma descontraída e por ajudar na divulgação das histórias em quadrinhos. Muito OBRIGADO! 

Veja o programa no video abaixo: 


Soldado


Autógrafos e Dedicatórias


Uma forma de agradecer a confiança e o apoio dos leitores.
As hqs podem ser compradas na loja virtual da Red Door HQs e Ugra Press.
Obrigado.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

domingo, 3 de maio de 2015

Red Door HQs no Revista de Sábado

Reprodução / TV TEM

No sábado, dia 02 de maio, o coletivo Red Door HQs participou do programa Revista de Sábado, na Rede Globo. Falamos do nosso método de criar as histórias, que cada autor continua a narrativa de acordo com a última página apresentada. Fizeram até um link com a novela Babilônia (2015), onde três escritores, Gilberto Braga, Ricardo Linhares e João Ximenes Braga, estão desenvolvendo a trama da novela. 
Para o programa, desenvolvemos uma história de três páginas com o “mascote” da cidade de Bauru, o Bauruzinho. Você conferi essa história aqui.
Para assistir o programa, clica aqui
Agradeço ao Tulio Heitor, pordutor responsável pela matéria e aos leitores, amigos e familiares, muito OBRIGADO!

Red Door HQs no Mob Ground

A primeira postagem no site Mob Ground é um pouco antiga, julho de 2014. Onde o Thiago fala sobre o que é a Red Door HQs e como funciona. Além de fazer uma pequena resenha dos nossos primeiros títulos publicados, Feira Livre, produzida junto com os amigos Bruno Mutt e Daniel Queiroz, Esperança e O Pagamento produzida por mim (roteiro e arte). Para ler a matéria completa no site, clique aqui.


Em maio de 2015, o Thiago fez um post sobre meu último trabalho autoral, A Busca e a hq Red Door HQs - Volume 1 (copilação das histórias apresentadas no site da Red Door HQs durante o ano de 2014), Essas duas hqs foram lançadas exclusivamente na Artist's Alley, durante o evento CCXP. Para ler a matéria completa, clique aqui.


Agradeço ao Thiago Chaves pela força que dá ao coletivo e aos quadrinhos independentes em geral. O melhor é que ele sempre faz bons apontamentos, onde podemos trabalhar buscando, sempre, uma melhora. Obrigado Thiago.